Quando a chuva bate à porta…

Sou assumidamente uma pessoa que gosta de sair, passear, lanchar e jantar fora, estar com amigos…enfim, não sou de passar dias em casa sem sentir o ar fresco da rua, porém no Outono e Inverno, isto muda um pouco.

Quem tem crianças pequenas, sabe como pode ser difícil, mantê-las enclausuradas um dia inteiro sem actividades mais desgastantes, mas cá por casa inventamos sempre alguma coisa.

Na realidade, nos dias frios e de chuva, sabe-me bem poder ficar em casa a passear entre a cozinha e o sofá…de lareira acesa, a dar largas à imaginação, fazendo uma comida com mais calma, uma sobremesa apetitosa ou tão simplesmente a organizar a ementa semanal, que agora se quer apenas centrada nos meus robots de cozinha de que tanto gosto!

Este domingo foi assim! Sem pressas, ao ritmo da vontade com direito a bolo de chocolate e um assado no forno delicioso! Ainda não vos falei da minha multifry da Delonghi (a última aquisição cá por casa), que agora coordenada com a minha kcook multi da Kenwood, me liberta muito mais tempo e com as quais apenas me aproximo do forno, nada de fogão! A minha experiência com a mesma ficará para um próximo post!

Receita de bolo de chocolate com frutos secos e Vinho do Porto:

1 dose de frutos secos a gosto

200g de chocolate ou cacau

130g de farinha (usei de aveia, pode ser de trigo, espelta ou outra)

1 cálice de Vinho do Porto

5 ovos

8 tâmaras hidratadas ou 100g de açúcar

150 ml de bebida vegetal (aveia, amêndoa, côco) ou 1 iogurte líquido

1 colher sopa óleo de côco

1 colher sobremesa de fermento

Comece por triturar os frutos secos e as tâmaras, deixando-os em pequenos pedaços. Junte o vinho do Porto e o chocolate em pó ou se usar tablete derreta em banho maria e deixe arrefecer. Adicione os ovos e bata bem. Acrescente a farinha e os restantes ingredientes e mexa até ficar com uma massa homogénea. Coloque o preparado numa forma previamente untada com óleo de côco e farinha e leve ao forno aquecido a 180°graus por 40 minutos!

Delicie-se e acompanhe com um chá!

Perna de Perú recheada com chourição, queijo e ameixas

Para o assado no forno, escolhi uma perna de perú, coloquei num tabuleiro forrado com 2 cebolas roxas e tempere com massa de pimentão, alho em pó, vinho tinto, manjerico e funcho. Fiz uns cortes ao longo da perna e recheei com rolinhos de chourição, queijo e ameixa segurando com palitos! Posso dizer-vos que ficou uma delícia!

Bons momentos! Bom apetite!

Algumas receitas deliciosas!!

Olá!!

Tenho andado desaparecida por aqui, mas com muitas saudades de partilhar algumas ideias bem como algumas receitas!!

O Verão foi bem aproveitado, com muita praia, passeios a 4, jantares tardios em esplanadas, arraiais, enfim, tudo o que se tem direito!!

Mas já voltámos às rotinas e tenho recebido alguns mails vossos simpáticos e preocupados com a minha ausência… As noites melhoraram numa determinada altura, mas agora têm sido de novo cansativas e a minha cabeça está tão habituada a acordar inúmeras vezes que o sono e cansaço é mais que muito…

Mas de tristezas não reza a história!!

Cá por casa, continuo a experimentar várias receitas novas, a adaptar outras e a deliciar-me também com as iguarias da minha mãe! Deixarei algumas imagens e partilharei assim que possa todas as receitas, mas como sempre, se houver alguma curiosidade urgente é só enviar mail que apresso o envio da receita!!

Cheirinho Bom – Eu na Cozinha #6

Há vários dias que andava com vontade de experimentar esta receita…Tinha visto a sua apresentação no 24 Kitchen e pareceu-me saborosa e fácil de confeccionar.

Na verdade, este é um dos poucos canais que vejo na televisão, pois não sou pessoa de ficar horas a ver séries, filmes ou novelas… Há anos que não sigo nada em particular, até porque, cá em casa a TV ou está em canais infantis ou em canais de filmes que a mim não me suscitam qualquer interesse – policiais, guerra e outros que tais – mas adiante…

No 24 Kitchen, gosto de ver essencialmente receitas em português, com os ingredientes do melhor que temos, mas também gosto de divagar por outras culturas, outros paladares, novas combinações e texturas. Foi o que aconteceu com os queques Croc Madame, que são uma especialidade francesa, presente nas mais diversas pastelarias desse país, mas para variar, não segui na íntegra a receita e em vez de usar molho bechamel, coloquei queijo mascarpone e ficaram uma delícia! Na verdade, esta receita permite várias adaptações e eu gosto sempre de inventar mas na próxima vez irei reproduzir a receita original!

Um “queque” salgado crocante, com a delicadeza do molho bechamel (nos meus com o queijo mascarpone) e a beleza do ovo!

Deixo-vos o link do vídeo da receita original e se eventualmente nunca tiverem visto nenhum dos seus programas da Rachel Khoo na sua mini cozinha, vale bem a pena!

Bom apetite!!

A Essência da Amizade

Todos sabemos que nos identificamos mais com umas pessoas do que com outras…todos temos preferências distintas…familias diferentes…ideais que se cruzam ou não…mas na amizade pode ser tudo diferente ou tudo igual, pois o que deve reinar é o respeito, a cumplicidade, a aceitação e não o julgamento, a cobrança ou a inveja!

Talvez por isso existam amizades que duram uma vida e outras que nascem, florescem e secam como se de uma flor se tratassem! Mas, sim, concordo que as relações são frágeis e merecem todo o cuidado, mas também acredito, que sendo verdadeiras, possam sofrer alguns abanões ou ventos fortes e que consigam sobreviver a estas intempéries.

E é tão bom, quando temos amizades de décadas, que começam porque vivemos próximas, porque fazemos parte dos mesmos grupos de trabalho, porque ambas gostávamos de estudar na praia, porque a nossa vida era muito mais do que a faculdade…mas passado tanto tempo, com famílias constituídas, com situações profissionais inicialmente idênticas e depois tão diferentes, não vivendo tão próximas, a amizade mantém-se, cresce e é tão valorizada!

Mesmo não falando todos os dias, não é circunstancial e vive de bons momentos, de gargalhadas conjuntas, de lamentações idênticas (estas bem leves), de almoços à beira mar (porque há tradições que não mudam :-))!

E como estes almoços dão vida e cor a esses dias!

Não há cobranças, não há amuos, não há competições, há sim alegria e gratidão quando a outra cresce e atinge os seus objetivos!

E é tão bom e feliz, uma amizade assim, à medida da correria que são as nossas vidas, em que a preocupação major é a conciliação de agendas, para que aquelas várias horas em que estamos juntas e partilhamos as nossas experiências, sejam o mais agradáveis possíveis e a essência desta amizade!

Continuemos assim Carol!!

Cheirinho Bom – Eu na Cozinha #5

Já tenho partilhado por aqui o gosto crescente pela cozinha, por novos ingredientes, outros paladares…e esse prazer que tenho vindo a descobrir é partilhado também pela minha mãe que é uma cozinheira de mão cheia e que não se inibe de inventar novos pratos ou de fazer mix de várias receitas, dando-lhes outra vida!

A receita que partilho hoje, foi confeccionada por Si…!!! Mousse de Banana, uma verdadeira bomba de calorias, mas muito saborosa e simples de fazer e se for esporádica ninguém se importa!!

4 bananas maduras
1 lata de leite condensado cru
400 ml de natas em chantili com 4 colheres de sopa de acucar
1 limao e folhas de hortela .

1.Triturar as bananas (bem maduras) com o sumo de limão

2. Juntar o leite condensado, as natas, as folhas de hortela trituradas e as raspas de limao

3. Envolver tudo e colocar numa taça

4. Levar ao frio 4 a 5 horas ou de um dia para o outro.

5. Servir bem fresco .

Bom apetite!!